speeding cars
Eu chorei hoje. Foi estranho, de repente eu não conseguia parar. Era como se só Deus fizesse minhas lágrimas parar de cair, e ele fez. Eu chorei por sentir falta de um pai. Chorei por ver nos filmes o que eu nunca tive na vida. Era como se cada lágrima tivesse sido uma noite de solidão, e foram várias. Eu me senti sozinho, até que de repente eu me senti preenchido de novo, eu percebi que ele estava ali, Deus, meu pai. O único que sempre esteve ali, e eu nunca via, nunca prestava atenção, estava sempre reclamando por não ter um pai presente como o de outras pessoas. Eu chorei, por sofrer pela falta de algo que nunca existiu. E, por finalmente, descobrir quem sempre esteve comigo, e quem sempre irá estar.
L. (via univerbos)
Eu só queria saber
Se você gosta da ideia
De eu gostar de você.
Orvalhos. (via auroriar)
Amor não é sempre perfeito. Não é um conto de fadas nem um livro. E nem sempre é tão fácil. O amor é a superação de obstáculos, amor é enfrentar desafios, é lutar para ficarem juntos, é nunca deixar a pessoa ir. É uma palavra pequena, fácil de soletrar, difícil de definir, e impossível de viver sem. Amor é trabalho, mas acima de tudo, amor é perceber que cada hora, cada minuto, e cada segundo valeu a pena, pois fizeram isso juntos.
Virgular (via univerbos)
Tem dias que a esperança é sempre mais teimosa do que eu.
Fabrício Carpinejar.     (via univerbos)
Tudo bem não estar tudo bem.
Who you are. (via univerbos)
Você tem estado em meus pensamentos todos os dias.
Paris 1995. (via univerbos)
De algum modo, sentia que estava ficando meio maluco. Mas sempre me sentia assim. De qualquer forma, a insanidade é relativa. Quem estabelece a norma?
Charles Bukowski.  (via univerbos)
Por hora eu resolvi não escrever mais pra você porque percebi que não vale a pena eu desperdiçar o meu melhor com uma pessoa que tão pouco se importa com o que eu sinto ou deixo de sentir. Cansei de te ver longe de mim, cansei de pensar mais em você, cansei de tentar dar o meu melhor e não ser o suficiente, cansei de viver em sua função. Se você soubesse o quão doloroso é te ver nos braços de outra e fazendo com ela o que eu queria que estivesse fazendo comigo você não faria o que você faz. É como uma querida amiga me disse ”Ele não gosta de ninguém, ele não se entrega e você disperta nele algo diferente e ele tem medo de você, medo do que sente”. Me desculpa mais eu não vou ficar esperando você decidir o que você quer, o tempo ta passando rápido demais e eu preciso viver e preciso ser feliz.
Para alguém que talvez nunca irá ler.  (via univerbos)